Armazén Bar - A tradicional casa do Rock'n Roll e do Blues em Bauru/SP - Pingas Próprias

foto_depoimentos

Depoimentos

O Armazén Bar, fez e faz história no cenário musical da região. Confira aqui o que aqueles que mais conhecem o bar têm para falar.


Conheça a história do Armazén Bar

Na Boca do Povo

Marcos Pópolo (2013)

Em tempos de aniversário do Arma, eu também tenho um pouco a dizer sobre essa história.
Na verdade eu nunca me vi como um bom cliente da casa! Explico: o bar é famoso por suas bebidas exclusivas e pela qualidade das bandas que por ali passam. Bom, eu nunca tive o hábito de beber e pela ge nerosidade do Paulão e da Valéria, músico da casa nunca costumou pagar covert... Conseqüentemente acho que eu nunca fui um cliente que deu muito lucro: Um cara que entra, ocupa uma mesa e toma duas águas na noite não é alguém que dá muito retorno não, hehe. No entanto, nunca me senti menos querido lá dentro por isso!
Eu me lembro até hoje da primeira vez que fui ao Arma. Foi em 1987 e eu tinha 14 anos. Nós 3, eu, o Cristiano e o Antonio Neto descemos a pé do Jd. Bela Vista de encontro ao místico bar numa noite com a famosa banda Voodoo! Havia uma mistura de ansiedade e receio, afinal éramos moleques (naquele tempo não havia restrições legais) e ir a uma casa noturna, onde se falava que rolava algumas coisas barras pesadas, nos deixava apreensivos. 
Eu e o Netão tínhamos uma flexibilidade com o horário, já o Cristiano teria que estar de volta à sua casa logo. 
Enfim, chegamos cedo, entramos, sentamos... Aos poucos o bar foi lotando e nós naquela exaltação, pois afinal, estávamos lá! No Arma! Para ver o Voodoo! Garotos apaixonados por rock que éramos, aquilo era um sonho! 
E a coisa toda foi ac ontecendo: Pessoas aglomeradas do lado de fora tentando ver a banda pela extinta janela lateral, um alvoroço de energia lá dentro jamais presenciada por mim e meus amigos e um Carlinhos Faria tirando som da guitarra de forma que até hoje não entendo como aconteceu (e acontecia sempre que ele tocava por lá). 
A gente tinha horário, precisava ir pelo Cristiano, mas ele assumiu as conseqüências e fomos ficando até onde deu. Uma noite realmente inesquecível para mim e tenho certeza que para eles também! 
Um tempo mais tarde, lá pelos meus 16 anos e já costumava a tocar no palco do Arma vez ou outra e então houve um momento em que tocar no Arma viraria quase uma rotina para mim. Mas todas às vezes foram especiais! Toda vez que subi no palco do Arma, eu encontrava um público que estava ali para ouvir m úsica! Eu já toquei em inúmeros lugares pelo Brasil, mas nada se compara a tocar no Arma! Nada!
Ao contrário do que diziam quando eu era adolescente, eu nunca percebi ali um lugar “barra pesada”. Na verdade, eu fiz inúmeros amigos nesse lugar! Pessoas maravilhosas! Não me lembro de uma única vez em que eu tenha descido do palco, e não tenho encontrado sorrisos e abraços das pessoas por ali! 
O Arma nunca foi um lugar comum. Sempre foi um lugar de encontro de amigos, onde rola a pureza da amizade e apreciação verdadeira pela música! É mais harmonioso e sincero do que muito lugar que se propõe a isso e não consegue!
Em 1996 gravei meu primeiro disco e em 97 fizemos uma festa de lançamento no bar! E não poderia ser em outro lugar! Eu tive a certeza da escolha de minha profissão (músico) porque um dia eu quis tocar no palco do Arma! E esse meu sonho continua a ser o sonho de muitos garotos que até hoje querem sentir esse gostinho tão especial de poder fazer parte dessa história!

Obrigado ao Armazén Bar pela oportunidade! Por tornar real a possibilidade de um músico tocar sua música para ouvintes que querem ouvir de verdade, pois no Arma, a música não é som de fundo para as pessoas baterem papo. No Arma a música é tratada como arte e isso é muito, muito raro em casas noturnas por aí!
Obrigado Paulo e Valéria! 

Longa vida ao Armazén Bar!

Confira outros depoimentos

  • logo patrocínio - RD Pilates
  • logo_patrocinio
  • logo_patrocinio

Copyright © 2008 - www.armazenbar.com.br
Rua Quintino Bocaiuva, 2-20 - Centro - 17017-290 - Bauru/SP Tel.: (14) 3226-2016
Horário de Funcionamento: Sextas, Sábados e Véspera de feriados - a partir das 23h
Desenvolvido por Freelabs