Armazén Bar - A tradicional casa do Rock'n Roll e do Blues em Bauru/SP - Pingas Próprias

foto_depoimentos

Depoimentos

O Armazén Bar, fez e faz história no cenário musical da região. Confira aqui o que aqueles que mais conhecem o bar têm para falar.


Conheça a história do Armazén Bar

Na Boca do Povo

Paulo "Careca" (For Fun) (2003)

ARMAZÉN BAR

Dizem que o Rock'n'Roll morreu há mais de 20 anos. Se for verdade, então eu e mais uma boa penca de amigos nunca conseguimos sair do velório. E não existe lugar melhor para esse velório do que o bom e velho Armazén Bar.
Com 21 anos de serviços prestados em favor da boa música, vem mostrando o que há de melhor entre as bandas de Bauru e de todo Estado.
Não conseguirei citar todas, já que alguns buracos de minha memória estão devidamente preenchidos pelo álcool.É melhor assim. Dessa maneira, não cometo nenhuma gafe, esquecendo algumas delas.

Um garoto de treze anos que, onze anos atrás, tinha uma idéia superficial sobre o que era o Rock, mas já sabia da importância do bar para o estilo em Bauru (devo todas as minhas idas imaginárias ao Armazén e tudo que sabia sobre as bandas que lá tocavam, dos treze até a tão esperada ida ao bar aos quinze, ao meu amigo Biro, que, durante a ressaca nas tardes de domingo, relatava-me tudo o que havia ocorrido no bar).
Tive o privilégio de conhecer o "Arma velho", com seus cômodos ainda perceptíveis, divididos a marretada nas paredes e a cerveja de garrafa 600ml. Tive, também, a oportunidade de tocar com minha primeira banda, a primeira vez. Era um dos aniversários, não sei bem que idade tinha o bar, mas sei que era aquele legendário e pequeno palco, com as caixas de ovos no teto, o chão e a parede do fundo de madeira e o som que, no palco, não se ouvia direito. Ah! Tinha também aqueles neons, um de saxofone e outro de guitarra, que, nem sempre, estavam acesos.

É claro que tudo muda, e não poderia ser diferente com o arma. O palco, o som e a iluminação melhoraram bastante. Participei da reforma (essas mesas pretas a que todos vocês se sentam e curtem o bar, colocamos em duas tardes, comigo, o Dundum, o Nirtão e o Paulão, parafusando a perna ao tampo com uma chave de fenda elétrica, cuja bateria insistia em acabar algumas vezes ao dia). Fui também garçom, o que me permite ter uma visão (quase) completa do bar, incluindo a de cliente, músico e admirador (só não fui dono!!!).

Quem não conhece aproveite a oportunidade em um desses fins de semana e vá conhecê-lo. Garanto que vocês vão gostar não somente das famosas pingas, das excelentes bandas e das(os) garotas(os argh!!) que o freqüentam, mas o clima que aquele ambiente rústico proporciona vocês não encontrarão em lugar algum. Os que já conhecem e não dividem essa opinião comigo, que atirem a primeira pedra. De gelo. Com Jack Daniel´s, of course.
Alguém que está lendo tem idade para ter assistido ao "O mágico de Oz", na sessão da tarde? Se sim, deve-se lembrar da busca de Dorothy pelo caminho de volta ao lar. Existem poucos locais nos quais você se sente no lar. Para mim e várias outras pessoas, o arma é um desses. Então, tomo a liberdade de copiar a história acima assim: levante o seu copo de Bourbon, bata os calcanhares de sua velha e bem gasta bota e repita comigo: "THERE´S NO PLACE LIKE ARMA".

"Braço nos mano, beijo pras mina"


*Para quem não conhece, Paulo Careca é estudante (dedicado), músico (meia boca), da banda For Fun, apreciador das boas coisas da vida: bons amigos, belas garotas, boa música, bebidas em geral, charutos e o bom e velho Armazén.

Confira outros depoimentos

  • logo patrocínio - RD Pilates
  • logo_patrocinio
  • logo_patrocinio

Copyright © 2008 - www.armazenbar.com.br
Rua Quintino Bocaiuva, 2-20 - Centro - 17017-290 - Bauru/SP Tel.: (14) 3226-2016
Horário de Funcionamento: Sextas, Sábados e Véspera de feriados - a partir das 23h
Desenvolvido por Freelabs